Texticulos (4)

quarta-feira, agosto 18, 2010

Na semana de estreia do filme mais fodão da história do universo "Os Mercenários", Sylvester Stallone popularemente conhecido como "Sly" lá no EUA (Sly me lembra nome de esquilo) disse ao visitar o Brasil:

"Aqui se pode explodir o país inteiro e ainda sorriem e te dão um macaco de presente"

Tão instâneamente quanto Toddy com leite, a revolta brasileira se instaurou no Twitter e na maioria dos seres país a fora, pondo o nacionalismo mais hipócrita a mostra. "Ah gringo falando mal do meu país não pode, quem ele é?".

O que não entendo é que gringo não pode fazer uma piadinha se quer, mas nós podemos fazer de tudo o que acontece ao nosso redor, tudo nesse país vira piada. Rimos para não chorar ou porque não sabemos fazer outra coisa?

Pense bem. Vivemos numa merda. Ou você acha mesmo que esse país é bom? Esse país pode ser bom pra você e pra mim já que estamos confortavelmente em frente a um computador, mas muitos não tem o mínimo de saneamento básico de que precisam, sem contar outras coisas básicas e isso equivale a mais da metade da população talvez, principalmente a educação. E pense bem, talvez isso poderia ter acontecido mesmo, eles gravaram na favela e não no Leblon, quem sabe alguém tenha oferecido a filha pra ele. Oferecem por muito menos, quem diria pra Sylvester Stallone?

Brasileiro tem senso de nacionalismo único, tentam colocar Sarney pra fora via Twitter, defender sustentabilidade jogando lixo no chão e achar ruim a piada que gringo faz quando nós mesmos a fazemos. Ou você acha no fundo tudo isso engraçado?

Ai você pode me perguntar:  "Você não faz piada nenhuma? Tenta melhorar o mundo de alguma forma em vez de só reclamar?".

Eu respondo: "Não, não faço porra nenhuma sinceramente".

Até porque pra melhorar o mundo tenho que pensar em melhorar a mim mesmo primeiramente, e cada um devia pensar o mesmo. Isso não é egoísmo? Ah tudo bem, podem achar isso de mim. mas quem disse que o certo é o mais cômodo de se tentar fazer? Tá respondido porque muitos desistem e preferem uma vida còmoda ao invés de pensar, de tentar se melhorar, e esse é o verdadeiro egoísmo. Todos querem melhorar a Terra, todos sabem o que é aquecimento global (espero), e assim, se constrói a maior hipocresia sustentável, assim como o "nacionalismo Twitteriano" (falei bem agora hein!)

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários