Fatos sobre a chuva

quinta-feira, outubro 07, 2010

Para ilustrar o dia de hoje, nada melhor do que uma foto de hoje
Eu sei que a chuva é boa, eu sei que ela refresca o tempo (detesto calor), sei que ela é importante e blá blá blá. Mas ela é um saco! Não gosto de chuva semelhante a cachorros e crianças, só gosto bem longe de mim. Não gosto de carregar guarda-chuva, quando levo esqueço e não chove, e quando não levo, chove.

Hoje o dia começou normalmente, e foi se passando com pancadinhas de chuva extremamente chatas por volta da hora do almoço, Mas de repente, escureceu e muito, a ponto de os zumbis sairem da terra pensando que era noite. E começou a chover caralho, ops, pra caralho. Maldito teclado.

Choveu e não levei guarda-chuva (novidade), mas com uma chuva maluca dessa muitos foram pegos de surpresa também, o que me causa um consolo. Chuva que causou, pra variar, quase 200km de congestionamento, quantidade que é cada vez mais coisa comum. Assim, espero o dia do juízo final igual ao livro do José Saramago, Ensaio Sobre a Cegueira.

Falando nisso, uma coisa que acho extremamente idiota é buzinar no trânsito. Porra. Além de isso perturbar e muito quem está ao redor (eu). Por quê esses marginais estressados motoristas não veem que não adianta nada, sem contar que se gasta a própria bateria do carro? Buzinar parado no trânsito é como apertar o botão do elevador 300 vezes por segundo pra ele ir mais rápido...

Me chamam de estressado e tal, mas sugestão, apertem o cu. =)

Outra coisa que me enfurece na chuva é (não, não é me molhar, dã), mas é andar com os pés molhados. Não ligo que molhem meus pés acidentalmente (mentira), mas ser obrigado a andar com os pés molhados por causa da chuva ou simplesmente por ter pisado numa poça, o que é pior ainda, é enfurecedor a ponto de querer arrancar as pernas fora. Andar com os pés molhados é horrível e é semelhante a andar com uma botina gigante, seu pé dobra de tamanho e cria escamas, principalmente se sua meia for uma merda que não absorve água...

Aliás, merda absorve água? Tem um cientista aí?

Bom, outra coisa que acontece quando chove é, alagamentos, o que me faz entender a necessidade de um site chamado Submarino.

A avenida aqui perto de casa e justamente o trajeto entre minha casa e o trabalho alaga, não a ponto de você nem andar, mas a ponto daquelas malditas poças no meio do asfalto aparecerem. O que isso causa? Causa aqueles jatos d´água a cada carro que passa. E nessa avenida que cito, sempre em alta velocidade, as poças rios é depois de um semáforo.

Nisso já somando o fato de detestar carregar guarda-chuva, uma chuva que vem de surpresa e por isso obrigado a voltar pra casa debaixo da chuva encharcando meus pés. Fui obrigado a dar uma volta gigantesca pra fugir da calçada dessa avenida, afinal, mais vale andar com os pés encharcados do que o resto do corpo. Sabe como é, até água rasteira me encobre...

Andar na chuva é bom, eu gosto, mas seria legal se meus pés não molhassem, lembrando que nem guarda chuva adianta.

Me irei agora, vou pedir um livro no Submarino!

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários