Sobre o humor

quinta-feira, outubro 14, 2010


O sarcasmo é o melhor escudo contra a ignorância alheia. Quando se sabe fazê-lo, você se torna engraçado.

Humor. Essa é a principal qualidade quando você quer conquistar a admiração de alguém por alguma maneira, se fazer rir e fazer os outros rirem, rir de você mesmo e dele de si mesmo. Isso chama mais atenção do que qualquer coisa eu acredito. Aliás eu tenho que ser assim já que não há muito de relevante em mim.

O que alguém engraçado e desocupado vira? Blogueiro
O que alguém apenas engraçado vira? Vlogger
O que alguém engraçado e inteligente vira? Comediante stand-up
O que o tiozão piadista vira? Ator da Zorra Total

Zorra Total = Porra Total que é igual a... "what fuck is this?".

O chamado humor geriátrico que ainda tem gente que vê. Mas note que a audiência vai diminuindo a cada ano, afinal, a cada ano velhinhos se vão dessa pra melhor. É por isso que o Agnaldo Timóteo não foi eleito, metade das tias que votaram nele há quatro anos morreram!

Bom, o humor aproxima as pessoas (os problemas também) e quando você se vê, está ali com dois grupos distintos. Humor é simpatia e antipatia ao mesmo tempo. Admitir que é o maior moleirão do mundo têm seus pontos a favor, ir contra a um apelido é suicídio.

Humor é homenagem, humor é ir contra os bundões. Falar de tudo e zoar de tudo do tudo é questão de ser, sim, respeitoso. Afinal, quem vai te achar bundão e medroso por você não fazer piada de tudo porque é politicamente incorreto é aquele deficiente que está ao seu lado.

Aí carinha, levanta aí pra todo mundo te ver... (fail)

Não tem nada pior do que esse mundo atualmente tão "higienizado humoristicamente" que vivemos hoje concorda? 

Para citação corriqueira: "Os Legendários".

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários