Felicidade. Agora você terá esse direito!

segunda-feira, novembro 15, 2010


Pelo título parece que será um texto reflexivo, queria eu que fosse. Isso tá mais pra filme açucarado cheio de lições morais da vida, e ah, com um cachorro!

Enfim, a partir do último dia 10 foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado a "PEC da felicidade". A busca da felicidade poderá ser um dos conceitos básicos na emenda da Constutuíção junto com transporte, educação, saneamento, saúde. Ideia do ilustríssimo e radiante do Senador feliz Cristovam Buarque.

Caso seje aprovada no plenário do Senado, e pela Câmara dos Deputados, o artigo 6º da Constituição Federal passaria a ser o seguinte, preste atenção:

"São direitos sociais, essenciais à busca da felicidade, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados". 

O objetivo, segundo Buarque, seria o de "carimbar no imaginário da sociedade a importância da dignidade humana". 

Carimbar o quê?

Agora eu me pergunto. Para quê tudo isso? Eu acho que qualquer ser que tenha lido, não lido ou até queimado a Constituição em um movimento anarquista ou para se proteger do frio, tem a automática dedução e sentimento de satisfação que, ao serem cumpridas pelo governo os conceitos básicos a nossa existência, não é necessário de forma nenhuma uma filosofia em cima de um sentimento tão abstrato para concluir um páragrafo.

Resumindo é: "Tendo os direitos básicos atendidos o cidadão tem direito a buscar a felicidade". 

Eu com todos os direitos básicos atendidos eu já me proclamarei feliz, sem contar que muitos ficam felizes por muito menos e muito pouco com nem metade desse direitos atendidos, já que no Brasil isso é uma vitória feita de cocô. Então concluo que, para que tudo isso?. Voltamos ao mesmo ponto sem dizer nada não é? Talvez porque não há nada a dizer de algo tão ínfimo.

Eu acho que um cara que é Senador assumidamente voltado a educação deveria resolver essas "buchas" do ENEM em vez de se esforçar pra ter essa emenda aprovada. Aliás eu nem fiz ENEM, e nunca me senti tão "epic win" na minha vida!

Eu suspeito piamente que esse projeto já tenha sido influência do boné do Tiririca solto pelo plenário...

Bom, já que agora felicidade é um direito meu posso exigir certas coisas:

"Agora meu holerite virá com "RISOS" no começo?"

"Pela ironia, Deputados serão levados a sério?"

"Ganharei dinheiro e mulher sem saber como?"

"Estou puto da vida, o Estado me indeniza?"

"Dia do Palhaço será feriado também?"

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários