Eu já não vi isso antes?

domingo, janeiro 09, 2011

2011 começou e aproveito novamente a oportunidade para dar um Feliz Natal... ops, errei. Um Feliz Ano Novo.

Com a virada de ano costumam vir muitas coisas novas. Novos amigos, novas pessoas, novas oportunidades, com velhos lugares, velhos amigos, velhos hábitos, velhos tudo. Também vem os velhos empregos, com as velhas responsabilidades e os velhos patrões gordos de sempre - que o diga eu.

Pessoas se "fantasiaram" de pai de santo de branco, beberam e viram os fogos que não veem no restante do ano, como se isso representasse que algo de novo realmente virá, sorte e tal - mas sabemos que isso não existe. Se vestiu de acordo com o figurino. E como você se sente depois disso, meu amigo?

Ao voltar pra casa abriu o guarda-roupa e viu as mesmas roupas de sempre, umas furadas, outras velhas e aquela que você nunca usou. Alguns com uma puta dor de cabeça e preguiça de voltar pro mesmo trabalho do ano anterior, com a mesma encheção de saco de sempre. Tudo continuará difícil meu amigo.

Houve um ritual. Não sou estranho por odiar a festa de fim de ano.

Estava pensando ontem. 2011 é a mesma coisa de 2010, assim como completar 22 anos é a mesma coisa que ter completado 21 ano passado, é tudo um "Vale a Pena Ver de Novo". A vida nada mais é que um deja-vú, a virada de ano nada mais é que um rito de passagem numérico.

No cinema estou vendo em cartaz Rapunzel novamente, com uma história igual ao do Aladdin. Ela sai do seu castelo com seu príncipe atrás de altas aventuras... O que me faz perguntar se eu bolei uma história fictícia em minha mente quando imaginei que ela era uma garota que ficava no alto do castelo e ela jogava seus cabelos pra um cara os escalar ao seu encontro.

Bom, falei que tudo é um belo deja-vú.

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários