Humor divino

sábado, janeiro 15, 2011


Sem trocadilhos.

Estou praticamente sem dormir. Ontem saí com meus amigos - para dar os créditos pois prometi a eles, Cássio, Luiz e Estevan - e fui trabalhar hoje, mas nossa, posso dizer que valeu a pena, ri e zuei tudo elevado a potência da "porra" e do "caralho". E um dos tópicos nossos feitos totalmente de merda foi pra variar, Deus e o Diabo.

Ah... 2011 tá aí e vamos falar de coisas novas. Sim, agora podem rir da ironia. Afinal, Deus deve ser um cara velho pra porra!

Na caminho pra casa sem estarmos bêbados, ou não, ficamos fazendo piadas com Deus e o Diabo, pra variar. Ah... o que seria de nós sem o humor?

Por exemplo, a história do João e o Pé de Feijão nada mais é do que uma historinha infantil de Deus. Pensem bem. Homem gigante morando nas nuvens, esse mesmo que faz "fim, fam, fum" sacou? Ou o fato de que José foi o primeiro corno do mundo e gritar "que porra é essa?", ao entrar em casa e ouvir Maria falando que tá grávida estando virgem. Nessa premissa Deus é safadão, além de ter corneado José, fez 6 bilhões de filhos e contando!

Bom, o que inspira esse texto tão ruim pra quem não tem senso de humor elevado e bestial como eu, é uma ideia de ontem em especial que coloquei no orkut.

"Se Deus é tão onisciente e existe, porque ele não mostra a cara gigante na Avenida Paulista em vez de criar via telepatia um livro milenar cheio de parábolas da qual ninguém entende nada no fim."

Ah, sobre isso, imagine Deus surgindo na avenida com seu dedo enorme. Isso causaria uma histeria em massa. Muitos se matariam para ser salvos e não duvido que Deus os mandaria logo pra Hades. Se Ele é tão perfeito, é bonitão também, então muitas mulheres safadonas ficariam mandando beijinhos. Ou partindo de uma hipótese de que Ele seje mulher, muitos canalhas ficam dando cantadas Nele. Bom, se Ele for mulher, tá explicado porque tá tudo errado aqui - desculpe a piada machista -. Poderia haver guerra, tipo: "bom soldados, o acordo foi feito entre a Prússia e a Germânia e hoje faremos o primeiro ataque frontal. Portanto, atirem em Deus". Daí Deus pára as balas como o Neo. Se Ele é onipotente deve ser a carta mais poderosa do baralho de RPG!

Vai, pode dizer que estou com encosto e vou dizer, adoro. Meu travesseiro é bom demais.

O que seria de nós sem o humor? A solução para pegar demônios é um móbile de cds de Black Metal em casa. Nessa Dean e Sam não pensaram!

Eu e meus amigos somos roteiristas trash. Nada como uma noite de São Paulo...


Voltando a frase, a publiquei, e pra variar alguém veio retrucar. Nem preciso ficar dando detalhes. Mas sobre isso, eu não entendo a Bíblia, nem quero entender, mas respeito quem acredite e só. Faço piada mesmo porque não estou nem aí, oras, não acredito, então não acho que vou levar um raio na cabeça ou que um Deus vá torcer meu pé por causa disso.

Pra você ver como há hipocresia, lembre que Deus, segundo o mito, nos deu o livre arbítrio, mas expulsou Eva por ter comido a maçã. Expulsou a filha como se fosse uma mãe revoltada, pensou se a liberdade fosse aplicada assim? Eu estaria fora de casa há tempos e acredito que você também!

E o pior. Há essa liberdade, mas você é um herege maldito do demônio por não acreditar em Deus, naquele que o seu semelhante acredita. Esse na verdade é o livre arbítrio de Deus que os próprios religiosos defendem, aquele que os convém. Então que Deus há então?

Dizem que o caminho mais simples é apenas dizer que "não acredita". Oh Deus. Caminho díficil é se dar ao trabalho de questionar tudo isso que a humanidade ajoelha, não ficar acreditando em alguém com uma cruz em casa pra se dizer que é normal perante a sociedade.

Você entende o porque de acreditar em o que quer que seja? Porque você começou a acreditar?

Eu fico me perguntando porque pessoas que acreditam (falo em geral, ok?) ficam tratando os ateus - agnósticos como eu - como pessoas sem cultura que procuram o caminho "mais fácil" de não acreditar, semelhantes que ficam se vangloriando automaticamente como pessoas melhores e superiores por acreditarem em algo que você "não entende"? Ué, se acredita tanto na bondade de Deus apenas respeite.

O que vale é a integridade da pessoa, se me sinto bem assim, vou ser assim, e não ir atrás de algo só porque a maioria da humanidade acredita, é quase como uma "tribo", e tribo feita por enorme maioria de pessoas hipócritas, já que pessoas que dizem acreditar fazem coisas piores que eu. Eu não quero participar de hipocresia, Deus nos criou a sua imagem e perfeição porque no ego enorme do homem não podia ser diferente. Ponho em prova Deus e as coisas porque assim eu me criei, se não quero pensar, logo questionar, então não quero viver. Pense comigo, se ele fosse ficar te castigando por sua "crença" não seria livre arbítrio. É uma grande mentira.


Mas independentemente de existir Deus ou não, o ser humano é hipócrita tendo ele religião ou não. O que seria de nós sem humor? Me revolta esse mundo tão higienizado de forma correta.

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

2 comentários

  1. logo se vê que você não questiona nada, nem sabe de argumentos a favor da fé, argumento RACIONAIS e cosmológico..... e se escreve "seja" e não "seje"


    acho que você é só um adolescente que deve ler dawkins

    ResponderExcluir
  2. Assim, nunca li Dawkins, não sou um adolescente revoltado que leu isso e daí passou a não acreditar em Deus pq isso é "legal". Apenas falei da minha crença em tom mais cômico e besta, o que é meu direito, se você é tão intelihente percebeu que não é pra se levar tão a sério como você quer.

    Falo apenas da minha crença e não quero perder meu tempo desmentindo Deus, apenas não acredito e só. Prego o respeito.

    veja esse texto, e lá falo de forma mais séria, se você permanecer na mesma opinião ai sim levarei a sério o fato de você me chamar de "adolescente que leu Dawkins"

    http://descafeinadoblog.blogspot.com/2010/05/pensamento-x-religiao.html

    Agradeço a visita, "anônimo"

    ResponderExcluir