As primeiras edições dos quadrinhos mais famosos do mundo

sexta-feira, maio 18, 2012

O sucesso dos Avengers, o reboot do Homem-Aranha e o terceiro e último episódio da trilogia do Batman... Talvez nunca antes tivemos um ano tão prolífico para os heróis no cinema e tão esperado para nerds como eu, aliás, cada vez mais será assim devido a rentabilidade que esses filmes causam quando bem feitos, convenhamos. 

Então aproveitando esse hype todo, que tal fazer uma volta ao tempo e ver como tudo isso começou, lá nas páginas já amareladas das HQs? Começando pelos já citados Avengers.


Os Avengers com o Iron Man parecendo um zumbi dourado enlatado, e Hulk como misto do Tropeço da Familia Addams e do clássico Frankestein. É... tudo tem um começo, e foi por causa desse adotado de verde, o Loki (quem viu o filme vai entender). Isso lá em 1963.


Magro, meio torto; esse foi o começo do Batimão. O herói podre de rico deu as caras em 1939 e em sua primeira história era chamado de "Man-Bat".


O nacionalista Capitão América apareceu pela primeira vez em 1941 com um escudo que parece um distintivo de futebol. , e é também o único herói que socou Hitler em sua primeira capa!


O que era pra ser uma simples cópia da Liga da Justiça, acabou sendo o que muitos consideram o início da Marvel Comics. A Coisa e sua trupe apareceram pela primeira vez em 1961.


O meu herói predileto, tanto pela sua arrogância e sarcasmo, quanto pela sua inteligência e destreza. Esse Iron Man enferrujado e negão que nem a lata de ervilha do jantar, apareceu em 1963 em plena Guerra do Vietnã com esse título de "contos de suspense". Nos anos 2000 foi “modernizado” e sua guerra mudada para os conflitos no Afeganistão.


O primeiro Lanterna Alan Scott não tinha ligação com as tropas dos Lanterna, apenas tinha poderes mágicos com o tradicional anel no dedo do meio. Esse Lanterna Verde era de 1940, com uniforme ridículo, folgado, e com botas que mais parecem as de Robin Hood. Fato que me faz lembrar o primeiríssimo uniforme do Homem-Aranha, sim, aquele lá que ele usa nos ringues de Luta Livre pra ganhar uns trocados.

E falando no cabeça de teia...


Com certeza o herói que teve menos alterações de traçado na sua história. O Cabeça de Teia começou sua luta contra a bandidagem de Nova York em 1968. E... a capa está realmente legal!


Superman em 1938 sem o tradicional S no seu peito, mas já com sua super-força, claro… Aliás nessa época, o Homem de Aço ainda nem voar voava. Essa revistinha custava 10 centavos na época, mas em 2011 um exemplar foi vendido por (voz do Silvio Santos) 1 milhão de dólares. Santa valorização!


Muito responsável por fazer milhões de tantos fãs se interessarem por a fodástica mitologia nórdica. Thor adentrou o universo Marvel e chegou às bancas em 1962. Visualmente um herói que mudou muito pouco também.

Curiosidade: Thor é um bom menino, e até emprestou seu martelo para Capitão América, Tempestade e Superman (em um encontro de ambos promovido pela DC e Marvel).


Stan Lee e Jack Kirby estavam cansados de inventar origens de poderes para cada personagem, então tiveram a ideia: pessoas que nascem com dons naturais, genial não?! Foi aí que em 1963 surgiram os X-Mens e sua primeira turma de mutantes: Ciclope, Garota Marvel, Fera, Anjo e Homem de Gelo (que parece mais o "Homem Gesso".

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários