Observações de migalhas de um amor

terça-feira, maio 08, 2012

Por: Estevan Sena publicado no blog Na Ressaca


Você já parou pra se perguntar em que ponto realmente você está ao lado da pessoa que ama, se é por amor ou dependência ? Se a questão é o amar e realmente gostar de estar, sentir-se realmente completo(a). Ou apenas o conforto de ter alguem que lhe empreste dinheiro para pagar as contas, tomar umas bebidas, curtir um cinema ou lhe agradar com presentes caros, e status? Uma casa bacana para passar as noites de tédio do próprio lar.

Talvez indigesta seja a pergunta, talvez não agrade certas pessoas, mas essa é uma verdade boa para testar sua moral, a moral que lhe trouxe até esse ponto da leitura.

Subitamente imagino que haja dúvida e que talvez você nunca se dê conta que essas atitudes não te comportam como pessoa e sim como um produto. Um produto barato e igual a muitos outros e que infelizmente pode no futuro se encontrar com os olhos em lágrimas, quando olhar para trás e ver as coisas que perdeu.

Quando não se importou com teu amor e foi de encontro a tua perdição, se entregando ao deleite do prazer caminhando entre as sombras das suas verdades, trocou a pessoa que lhe dedicava seus humildes esforços, por algo mais justo diante a tua família, diante teus amigos, diante teu futuro.

Eu observei homens e mulheres assim, pessoas que fazem pouco caso, pouco uso de suas emoções, seres estúpidos que o próprio olhar denúncia sua culpa. Encontro durante as minhas caminhadas pelas ruas solitárias da cidade pedaços de lixo e pessoas sem almas que são em si mais dignas que as dores e egoísmos que por teu olhar se deixa escapar.

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários