Mensagem do dia dos namorados

terça-feira, junho 12, 2012


Um "textículo" nada importante que nasceu do nada e foi postado no meu Facebook. Mas em virtude de tantos elogios, achei melhor de alguma forma documentar aqui para mais pessoas poderem ver. No meio de tantas mensagens apaixonadas e puramente estúpidas, como comemorar essa data nem tendo namorado(a); achei bom procurar me expressar de uma forma natural e sem algum tipo de "modismo". Solteiro e livre, e mesmo assim apaixonado por alguém que for...

Apesar das relações perfeitas e da paixão que possa surgir, é fato de que o mundo não é um conto de fadas; hoje estamos longe de um mundo em que tenham pessoas (mulheres - no meu caso) que deveriam valorizar atos e dar chances quando deveriam. Na real, hoje em dia (quase) ninguém está aí pra ninguém. Hoje pessoas boas e o valor a elas, estão reduzidas a meras possibilidade estatísticas, lamentavelmente.  

Hoje é dia do "valorizemos o simples", dos adjetivos que todo mundo quer e todo mundo diz que tem; isso é tão clichê quanto o mundo estar cheio de boas intenções. Do lado de fora ninguém erra, ninguém é egoísta. Na hora de conquistar, na hora da paixão, tudo é perfeito; mas se dar ao trabalho de permanecer ao lado dessa pessoa quando o primeiro conflito aparece, são poucos que suportam e se dão o trabalho de percorrer o caminho difícil que é pensar e compreender. Hoje em dia morre-se de medo da conversa em geral.

O que (quase) ninguém mostra, é o verdadeiro dia dos namorados de todos os dias escondido por trás da máscara que está em todos nós. - Bom, preciso mesmo dizer isso?! - E sim, é o egoísmo que falei a linhas atrás, que TODOS tem, inclusive eu. Abandonemos a hipocrisia por favor e desfaçamos o que somos.

Cada vez mais a humanidade se envergonha dela mesmo em favor de uma personalidade e estilo, que em nada se difere do ridículo e destestável quando este é testado. Todos nós esperamos que alguém "nos salve", pois não nos "salvamos" de nós mesmos.

O amor é cego, e burro. Mas quem pensa SÓ nele nunca irá se separar desses adjetivos.

Vale a mensagem, mesmo que ninguém preste atenção.

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários