Por que em alguns países o volante fica do lado direito do veículo?

terça-feira, junho 05, 2012

Tudo culpa dele
Aqui no Brasil, assim como em dezenas de outros, estamos acostumados a ver os volantes do lado esquerdo do carro, e para os habilitados, dirigir do lado direito da pista. Essa é a chamada "mão francesa" e a mais utilizada pelo mundo. No entanto em outros países, se utiliza a conhecida "mão inglesa", é tudo ao avesso. Mas você sabe por que no Reino Unido - Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales - o volante fica à direita e os veículos seguem a mão de direção pela esquerda? 

A origem dos termos vem dos tempos dos cavaleiros na Inglaterra, precisamente na era medieval. Naquele tempo e até hoje, a maioria da população era destra e não era diferente com os cavaleiros, então na luta - seja em cima de cavalo ou no corpo a corpo - ao cruzar com outras pessoas os cavaleiros faziam-no sempre pelo lado esquerdo, protegendo assim a sua espada e deixando sua mão direita livre no caso de luta. E falando mais sobre a luta, os cavaleiros seguravam as espadas com a mão direita e precisavam manter seus inimigos deste lado, o que exigia que se mantivessem do lado esquerdo do oponente.

Entretanto no século XVIII, o baixinho Napoleão Bonaparte, que era canhoto, resolveu em um belo dia dar uma ordem continental direta. "Invertam tudo", ele disse; e foi assim feito. Essa ordem tinha como propósito  facilitar a identificação das tropas inimigas à distância, porém foi algo mais pessoal (na minha opinião): Acontece que por ser canhoto, com esta nova ordem, o imperador francês poderia assim empunhar sua espada com a mão esquerda sem maiores problemas. Os cocheiros franceses foram também obrigados a passarem assim para o lado esquerdo para que pudessem sempre cruzar com o Imperador do lado “correto”.

Então a partir dali para os ingleses que são inimigos históricos dos franceses,.dirigir pela pista da esquerda virou uma questão de honra, e mantida até hoje. Ex-colônias britânicas, Índia, África do Sul e Nova Zelândia também dirigem pela mão da esquerda. Outros países que estão metidos nessa história, mas que adotaram o padrão "comum" são o Japão, que foi convencido a dirigir pela esquerda após a visita de um ministro inglês, em 1859. A Argentina adotou a mão inglesa até o começo dos anos 40, e então mudou, para que seus carros circulassem no resto da América do Sul. A Suécia inverteu a mão das ruas, do jeito inglês para o padrão continental, em 1965 às 17:00h de um dia útil, para evitar que motoristas e pedestres distraídos saíssem cedo e esquecessem que os sentidos haviam sido trocados. O último país a fazer a mudança da mão inglesa para o padrão mundial foi a Suíça.

Falando de nosso país Brasil baronil, ele segue o padrão mundial de mão de direção, o de circular pela direita. Mas talvez você nunca tenha notado, essa mão inglesa é utilizada excepcionalmente. Por exemplo, em alguns retornos e cruzamentos, entradas e saídas de estacionamentos e até curtos trechos de vias, mediante sinalização específica. Porém (e ainda bem) que são trechos curtos, pois circular em mão inglesa para quem não está acostumado, é complicado (imagina dirigir "ao contrário"). Não só pela falta de hábito e habilidade, mas porque o veículo, neste caso, não está "otimizado" para isso.

Legal né? Tudo tem história!

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários