Resenha CD: Stone Sour - House Of Gold and Bones Part 1

sexta-feira, janeiro 18, 2013

Lançado no ano passado e primeira empreitada conceitual de Corey Taylor, "House Of Gold and Bones" será dividido em duas partes, com conteúdo on-line no site da banda e até uma HQ sobre as duas partes a ser confirmada.

Pra muitos ter o fato de ter os integrantes do Slipknot: Corey Taylor nos vocais e Jim Root nas guitarras, já é um chamariz e tanto - principalmente porque os fãs de Slipknot são conhecidos por ser um dos mais fanáticos da Terra -, as composições mais agressivas da banda também se assemelhavam com a "da banda matriz". Felizmente o tempo passou e agora temos uma banda madura, tanto nas composições como nos vocais versáteis de Corey Taylor. Muita gente pode torcer o nariz pro cara, mas é de se reconhecer que ele canta muito independentemente de seu gosto. Variando muito entre os vocais limpos e entre os conhecidos vocais agressivos que ele despeja no Slipknot, mostrou porque é um dos melhores vocalistas ao lado de Serj Tankian atualmente.

A "rifferama" feita pela dupla Jim Root e Josh Rand e a cozinha competente de Roy Mayorga não decepciona em nenhum momento. Pesado, mas sem perder as características mais modernas, o Stone Sour caminha bem mais firmemente nos caminhos do metal ao contrário dos trabalhos anteriores. Essa cara já se revela logo na abertura com "Gone Soverign" mostrando também o que o álbum promete ser, Daí o que escutamos é uma variação grande entre as faixas sem nunca perder o pique e a qualidade. Indo do thrash "RU486" (que não deixa muito a dever ao estilo), das emocionais "Tired" e "The Travelers", para as pesadas e modernas "Last Of The Real" e "Absolute Zero".

Gostoso de se ouvir e com faixas grudentas que dão aquele gostinho de querer dar o play de novo, "House Of Gold and Bones" não entraria no meu top 5 - até porque muita coisa boa ficou de fora -, mas sem dúvida foi um dos melhores álbuns de 2012. Que venha a segunda parte e se for pela linha que a banda vem adotando, será ainda melhor.

Tracklist:

1. Gone Sovereign
2. Absolute Zero
3. A Rumor of Skin 4. The Travelers (Pt. 1)
5. Tired
6. RU486
7. My Name Is Allen
8. Taciturn
9. Influence of a Drowsy God
10. The Travelers (Pt. 2)
11. Last of the Real

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários