A magia dos livros

Mais uma adaptação do Zen Pencils desta vez homenageando o grande cosmólogo Carl Sagan. 

Sagan não só foi um cosmólogo, não só procurava as estrelas, Sagan se preocupava com um significado. Ele acreditava que para olhar o mundo criticamente era preciso estudá-lo, conhecê-lo, e o mais importante, compreendê-lo. Daí sua devoção aos livros, o que todos nós deveríamos ter. 

Não à toa guerras e regimes ditatoriais sempre colocavam como alvo primordial os livros, seja os proibindo ou queimando. Páginas e páginas eram capazes de fazer o ser humano sonhar, refletir, conhecer; e nenhum regime queria isso de seu povo dominado. O conhecimento liberta. 

Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Voltando
Next Post »
Comentários
0 Comentários
0 Comentários