O que passa pelos meus fones #92 - Moonspell

Pra mim, o maior mérito que uma banda pode ter, é alcançar o nível da criatividade constante, tanto que é impossível não escuta-la e não saber de qual banda se trata. Tal qual um Mastodon da vida, o Moonspell é do tipo que não tem medo de se modificar a cada álbum e mesmo assim permanecer relevante sendo Moonspell.

O peso absurdo que ouvimos em "Night Eternal" e os riffs vibrantes de "Alpha Noir" são um bom exemplo do que estou falando. Mais cadenciada e com Fernando Ribeiro usando mais seus vocais limpos e graves, a se tratar dessa pequena amostra de "Extinct" chamada "Breathe", continuaremos nessa mesma linha.

Confira o lyric video pra você cantar junto:

Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Voltando
Next Post »
Comentários
0 Comentários