O que passa pelos meus fones #98 - Mr Catra & Os Templários

Antes que você pense, não, não virei funkeiro.

O Mr Catra, mais conhecido como o maior pai do Brasil, surpreendeu o universo ao anunciar que a sua próxima empreitada no mundo da música (ou que tenta ser música se falarmos sobre o funk) seria uma banda de metal. Pois é, o Brasil é um país realmente bizarro!

Prometendo misturar funk, metal e algo mais parecido com isso. Ele reuniu Os Templários e hoje num lançamento bombástico que não é só maior do que uma nova música de um artista morto, liberou a música "O Retorno De Jedi" no Facebook.

Como a curiosidade matou o gato e só faz bem a humanidade, abri minha mente e escutei a mistura:

Bom, fiquei sabendo que a música "O Retorno De Jedi" é um funk dele bem das antigas. Check

E sim, há um rock e dos pesados. Check.

Sobre o som, primeiramente devemos respirar fundo, se livrar dos preconceitos estabelecidos e se atentar a música em si.

Fora esse batuque sem contexto pagando de Sepultura, na boa, a banda de metal do maior pai do Brasil dá chinelada em muita bandinha brasileira que se faz de rebelde por aí. Som simples, pesado e direto que dá pra bater cabeça numa boa, precisa de mais?!

A letra? Essa passou até uma boa mensagem e sem putaria que além de tudo é pra zoar "o retorno é de Jedi", ou você acha mesmo que as letras de um Manowar ou Motley Crue são sérias? Afinal, o eclético Catra que não consegue ficar com uma só mulher e curte funk e rock ao mesmo tempo, não se tornou um poeta também.

Se a banda deixar de ser somente um projeto, com mais entrosamento e imaginação, o som do Mr Catra pode alçar voos mais altos com a galera, porque não?

Eu curti.



Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Voltando
Next Post »
Comentários
0 Comentários