A polêmica de Jared Leto como o Coringa, o Joker, o Palhaço

quinta-feira, junho 04, 2015



Muito se falou da escolha de Jared Leto para interpretar o Coringa no filme do Esquadrão Suicida, uns gostaram da escolha justificando de que ele é realmente um bom ator e outros de cara já detestaram; e apesar da precipitação, entendo realmente é fácil ir por essa linha.

Lembram de quando Heather Ledger foi escolhido para o papel do Coringa? Afinal, como aquele cowboyzinho gay de Brokeback Mountain poderia encarnar o saudoso palhaço do crime? Anos depois de "Batman: O Cavaleiro das Trevas" o resultado foi acima de qualquer expectativa, Heather deu vida ao maior Coringa de todos os tempos recebendo até um Oscar póstumo pela sua atuação - e sabemos bem que não só um ótimo roteiro seria capaz disso, foi o talento dele. É como Ben Affleck como Batman. Desde que Ledger calou a boca do pessoal prefiro ficar na minha em torno de possíveis pré-julgamentos.

O Coringa totalmente caricato de Cesar Romero na série dos anos 60, o cruelmente engraçado de Jack Nicholson no Batman de Tim Burton, e o sem limites de Heather Ledger são todos grandes Coringas, cada um à sua maneira. Nos quadrinhos talvez o personagem mais intocável é ele, então entendo que o sucesso de cada um desses grandes atores ao dar vida ao palhaço do crime na tela, foi que cada um deles compreendeu e deu a sua característica própria de atuação sem se desvirtuar do que o Coringa é, oras caricato, oras engraçado, oras cruel.

E o desafio de Leto não é só esse, a situação de cobrança se assemelha bastante a época em que Rubinho ficou quase que obrigado pela nação a substituir Senna após a sua morte. A cobrança é muito alta e Ledger, como Senna, jogaram isso lá pra alto, nos fazendo recusar qualquer coisa que não se aproxime nem do meia boca. Tanto atores e tanto pilotos do F1 tem a sua forma de demostrar seu talento, então a comparação é bem próxima se formos levar pelo lado da cobrança. Cobrar Leto para que faça um Ledger ou um Nicholson é impossível. Leto será o Leto.


Desde o começo das gravações todo santo dia vazam fotos do set de filmagem do "Esquadrão Suicida" me fazendo pensar que é ou insegurança extrema de o filme bombar com o público, fazendo necessário mostrar o set diariamente como se estivessem dizendo "oh, é isso aí que vocês vão ver, se quiser ver tudo vá ver o filme"; ou o mais simples, uma jogada marketeira e que anda acontecendo de mostrar o que pode e o que não pode tirando a graça do fator surpresa - e recentemente vimos isso em "Vingadores: Era de Ultron" pela quantidade de trailers e fotos divulgadas antes do lançamento. Sobre isso, li que o diretor David Ayer ficou irritado com os vazamentos, mas duvido muito, são impressionantes 148 fotos divulgadas e são vazamentos de mais de um mês, então é muito provável que seja de propósito mesmo e cara de pau do Ayer.

Após muitas fotos mostrando a Arlequina e outros personagens, tivemos finalmente o saudoso Coringa revelado. Obviamente não vou fazer o papel de chato dizendo que o Coringa de David Ayer já é muito inferior ao de Nolan e Burton, mas que Coringa boyzinho... Cabelinho lambido, carrão com neon, bem maquiado, tatuado... Se recorda da foto que Ayer postou em seu Twitter a um tempo atrás em homenagem aos 70 anos do Coringa e a história mais icônica do personagem que é "A Piada Mortal"? Pois bem, ao contrário de notícias e desejos de muita gente. é confirmado que as tatuagens vão permanecer no corpo de Leto! WTF?

Com certeza Ayer quer mostrar um Coringa pirado, talvez não tão sem limites como o de Nolan; e como o carro deixa evidente, talvez atualizado para os tempos atuais à la "Velozes e Furiosos", e vendo essa cena logo me lembro de o quanto o Coringa de Heather era totalmente desapegado a qualquer tipo de conquista material, ele "só queria ver o circo pegar fogo". Então creio que a ideia de Ayer para um Coringa seja mais pro lado cômico e caricato do que realista no final das contas, pelo menos na aparência, e é louvável de que ele não queira fazer uma simples cópia. Mas até agora temos poucas informações, não sabemos bem se esse Coringa é uma caracterização do presente ou do passado do personagem, ou nem se ele estará assim quando fizer parte do Esquadrão Suicida; são apenas fotos e que nos abrem a possibilidade de fazer suposições, somente isso.

Como disse lá atrás, talvez tenhamos ficado com a imagem do Coringa de Heather Ledger tão constantemente fresca em nossa memória que nos impossibilite de vermos o Coringa interpretado por outro ator, e até com outra aparência. Além da cobrança altíssima que nos faz ter uma expectativa desse mesmo nível em cima de Jared e do filme, é importante lembrar que o Coringa é um personagem rico e que possibilita várias visões sobre ele.

Cada ator do passado, deu vida ao personagem cada um de sua forma, então é fundamental que Leto juntamente com Ayer deem vida ao Coringa independente das outras vezes e que nós coloquemos crédito na conta dos dois por isso. Interpretar o Coringa não é nada fácil, dizem que Leto está vivendo o personagem 24 horas por dia como Ledger fez, mas agora, se isso vai dar certo pra acertar a mão na atuação já são outros quinhentos né?!

Infelizmente a primeira impressão do novo Coringa é meio nhé, de estranheza, mas isso provavelmente é por causa do velho Coringa de Ledger, ou talvez o pessoal da Warner só nos queira deixar malucos fazendo o bom marketing do "falem mal, mas falem de mim". Bom, resta aguardar e abaixar o tom na chatice.

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários