O que passa pelos meus fones #144 - Prophets of Rage

sábado, junho 10, 2017

Sabe aquela máxima de que você pode até fugir da política mas a política não foge de você?

Nesses tempos tão conturbados e tão malucos, a música é a voz que se levanta contra qualquer injustiça, e vozes como o "Prophets of Rage" chegam na hora certa para dizer o que queremos ouvir e gritar o que queremos dizer.

Super banda reunindo integrantes do Rage Against the Machine (menos Zack de la Rocha, claro) e dos grupos Public Enemy e Cypress Hill, no começo do ano colocou aí no mercado o álbum single que reunia além da música título "The Party's Over" e da faixa que nomeia a banda, outras três ao vivo que são como grandes jams como "No Sleep Till Cleveland" do Beastie Boys; mas o seu debut de fato será lançado no próximo dia 15 de setembro e a banda escolheu nada menos que Micheal Moore ara dirigir seu primeiro clipe.

Escolha nada incidental essa, já que o gordinho Micheal Moore é conhecido pelo seu largo ativismo em documentários como "Tiros em Columbine" e "Fahrenheit 9/11" apresentando fatos e desmascarando vítimas defensoras do "american way of life".

Com uma pegada clara do Rage Against The Machine (e sem vergonha nenhuma de admitir isso), consigo ver no "Prophets of Rage" uma cara e uma união de vozes.

O rap, o rock, a direção... você.

"A resistência não pode parar"



Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários